Que bug foi esse? As falhas de software mais famosas da história.

Quem atua no setor de desenvolvimento, sabe bem que os bugs são uma dor de cabeça comum. Tem até quem diga que os programadores passam mais tempo resolvendo essas falhas do que no desenvolvimento do projeto. 

Embora possa parecer difícil para você, imagina então para quem foi o responsável ou fez parte dos maiores bugs da história. Falando neles, você sabe quais foram? 

Morris Worm

O primeiro malware famoso a gente nunca esquece!

Em 1988, enquanto ainda era um estudante da universidade de Cornell, Robert Morris, descobriu um erro no sistema operacional UNIX, e conseguiu acesso remoto e não autorizado a outros computadores da rede. Na época, embora não tivesse más intenções, estima-se que Morris infectou cerca de 10% das máquinas conectadas à internet.

Bug do Milênio

Inofensivo, porém, caótico!
É exatamente assim que o chamado ‘bug do milênio’ pode ser apresentado. Em 1999, era comum que os colaboradores do setor de programação representassem os números usando  apenas os dígitos finais.

Mas imagina só o que aconteceu quando a virada do milênio aconteceu? Bug nos sistemas! 

Isso porque muitas máquinas estavam confundindo ano 2000 com 1900. Mas, embora tenha causado desespero das pessoas, a confusão não foi tão grande, porque a maioria das aplicações estava preparada para solucionar o ocorrido.

Mariner 1

Até a NASA já teve problemas com bugs no desenvolvimento de projetos. Em 1996, a agência norte-americana lançou o Mariner 1. O foguete com sonda espacial tinha como destino final Vênus, porém, isso não aconteceu.
Isso porque houve um erro e, quando o código – que foi escrito à mão, foi repassado para um programa específico, o sistema esqueceu de adicionar uma barra de código. Com isso, houve um desvio do foguete e a missão não foi cumprida.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *